Outubro 19, 2018

Como Ajudamos

A nossa premissa é simples: acreditamos que através do desenvolvimento pessoal e do apoio personalizado ao aluno, o sucesso escolar é algo que surge como consequência natural.

Assim, em conjunto com a administração das escolas, professores e encarregados de educação, realizamos um diagnóstico que visa identificar as causas do baixo aproveitamento escolar do aluno.

Posteriormente, oferecemos sessões de tutoria comportamental através dos nossos voluntários. As sessões são semanais e durante 1h30 o tutor realiza atividades com o aluno – adaptadas dependendo do diagnóstico efetuado, idade e dificuldades do aluno.

Antes de integrarem oficialmente a equipa, todos os voluntários passam por uma entrevista participando, posteriormente, numa formação onde são apresentados os métodos aplicados na AdF, bem como as ideologias que os sustentam, além de informações de cariz mais prático sobre o seu funcionamento.

O tutor funciona como um coach do aluno – deve ajudá-lo a melhorar a sua autoestima, autoconfiança e métodos de estudo, podendo também incidir-se sobre os conteúdos programáticos escolares.

De modo a garantir o sucesso deste projeto são realizadas visitas às sessões de tutoria dos vários voluntários. Estas visitas têm uma periodicidade adaptável consoante a necessidade, e têm como objetivo avaliar a prestação do tutor dando-lhe feedback precioso sobre aspetos a melhorar e ideias a pôr em prática.

Neste momento, ainda há um maior número de alunos com necessidade de ajuda do que de voluntários. Nesse sentido, queremos ativamente aumentar a projeção da AdF de modo a que cada vez mais alunos possam participar em sessões de tutoria, sem esquecer que o sucesso desta ideia advém do laço de confiança que se cria entre aluno e tutor. Este laço só existe quando há um compromisso, daí ser essencial realçar a importância do voluntariado ser mantido ao longo de todo o ano letivo.